Soea


Conjugados, Soea e Contecc movimentam a área tecnológica

Na histórica cidade de Belém, que se desenvolveu às margens da baía Guajará e brilha na primeira estrela, o Sistema Confea/Crea e a Mútua, caixa de assistência, vêm escrever uma página da história da área tecnológica brasileira que busca soluções para ajudar o país a vencer seus principais desa􀃶os. Capital do Pará, segundo maior estado do país e também a 13ª maior entidade subnacional do mundo com uma área de 1 247 954,666 km², a cidade de Belém – com 2,5 milhões de habitantes, é portal da Amazônia e berço verde da floresta, onde o solo é fértil e onde brota fauna e flora tão vibrantes, cantadas nos versos de seu hino.

Belém tem o turismo, o comércio e a prestação de serviços entre suas principais atividades econômicas à frente do extrativismo mineral, da agricultura, pecuária e das indústrias alimentícia, naval, metalúrgica, pesqueira, química e madeireira.

No conjunto, essas atividades geram um PIB de R$ 17,98 bilhões e uma renda per capita de R$ 12.921. Entre os mais altos do país, o IDH alcança 0,746, segundo dados do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) de 2013. É para essa Belém, é nessa Belém que dispõe de escolas e centros tecnológicos avançados que queremos somar nossos conhecimentos, trazendo além de debates e palestras, os trabalhos desenvolvidos pelos jovens que de todo o país virão para a cidade mostrar seus estudos, pesquisas, produtos e iniciativas que fazem da tecnologia uma ferramenta indispensável para o progresso.

Em 2017, os perto de três mil participantes emprestarão suas mentes e mãos para escrever uma página da história da área tecnológica brasileira que busca soluções para ajudar a melhorar o desenvolvimento do estado e do país.